blog sobre micologia médica

Patologia Clínica CHUC Coimbra Portugal

Fusarium dimerum keratitis

Artigo publicado: Fusarium dimerum - um caso de queratite.


sexta-feira, 19 de agosto de 2011

MUCOR

O genero Mucor compreende um grupo de fungos que raramente produzem mucormicose (ou zigomicose) em humanos sendo muitas vezes consideradas fungos contaminantes das culturas.
A maior parte das espécies não crescem a temperaturas superiores a 32 oC o que limita o seu poder patogénico contudo algumas sendo mais termotolerantes poderão adquirir potencial patogénico.
Em situações clínicas especificas, relacionadas com deficit das defesas do hospedeiro, poderão provocar infecções muito agressivas que exigem um rápido diagnóstico e uma instituição precoce de terapêutica antifungica dirigida.
O género Mucor distingue-se dos géneros Absidia, Rhizomucor e Rhizopus pela ausência de rizoides.
As colónias são de crescimento rápido. Inicialmente são brancas mas depressa adquirem uma cor cinzenta escura.








Sporangia esférico sem apófise com uma grande columela.

Os esporangioforos são erectos, simples ou irregularmente ramificados.


Esporangia com colarete.


Os esporangioforos não aprezentam rizoides.

Esporangia com colarete.




Sem comentários:

Enviar um comentário